Rádio pausada

Siga a CAARO

1008 Visualizações

A Caixa de Assistência dos Advogados de Rondônia (CAARO) recebeu, esta semana da empresa Qualicorp informações acerca do reajuste anual dos contratos de planos de saúde coletivos por adesão, que acontece em maio, um total de 11,9%.

Porém, diante ao atual cenário em que os Órgãos de saúde noticiam o crescente aumento de casos de contaminação pelo Coronavírus (Covid-19) e principalmente a situação financeira dos profissionais autônomos, a Caixa pede a suspensão ou adiamento deste reajuste.

O presidente da CAARO, Elton Fülber explica que no momento a grande maioria dos advogados está impossibilitada de exercer a profissão já que a recomendação é praticar o isolamento social e o poder judiciário está com atendimento suspenso “A CAARO se preocupa com o advogado e suas famílias e trabalha incansavelmente para cuidar de todos e entende que o reajuste, se aplicado neste momento, afetará economicamente a advocacia podendo privar o acesso a prestação aos serviços de saúde, algo essencial neste momento.”

Em ofício direcionado a Qualicorp, atual administradora dos planos de saúde da Unimed, a CAARO pede que o reajuste seja suspenso este ano ou pelo menos seja postergado pelos próximos 180 dias, momento em que se espera que o risco de contaminação tenha diminuído.

A solicitação se estende ainda no sentido de que a administradora faça a abertura de um período de trinta dias sem carência na adesão de novos contratos de planos de saúde, proporcionando assim que novos colegas possam aderir ao plano de saúde da Unimed e utilizarem dos serviços sem carência.

Leia Também

Mapa do Site
CAARO